Passar para a navegação primária Passar para o conteúdo Passar para o rodapé
a blurry image of a fish

Baleia-piloto-tropical
(Globicephala macrorhynchus)

As baleias-piloto-tropical são animais muito gregários que vivem em famílias bem unidas. As fêmeas existem em grupos matriarcais fixos, com grupos até 20 indivíduos que podem também unir-se com outros grupos para formar grupos de mais de 100 indivíduos.

Por vezes podem ser vistas na companhia de outros cetáceos mais pequenos, particularmente golfinho-roaz. A investigação sugere que as baleias-piloto são capazes de atingir velocidades muito elevadas quando caçam nas profundezas, concedendo-lhes o apelido de “chitas do oceano”.

A baleia-piloto-de-barbatanas-longas de aspecto semelhante (Globicephala melas) – que é praticamente impossível de as distinguir das espécies de barbatanas curtas no mar – também ocorrem nas águas da Madeira

Ouça a vocalização deste cetáceo:

Informação geral

Tamanho dos adultos: 4m – 6m

Presa: Principalmente lulas e, ocasionalmente, peixes mais pequenos.

Comportamento: Cetáceos muito calmos e suaves. Ocasionalmente aproximam-se dos nossos barcos ou curiosamente espiam-nos à superfície. Frequentemente encontrados a descansar por longos períodos à superfície entre os seus mergulhos, um comportamento vulgarmente referido como “logging”.

Alcance: Distribuição global em regiões temperadas a tropicais, com preferência por águas mais profundas. A baleia-piloto-tropical habita as águas temperadas a subpolares do hemisfério Sul e do Atlântico Norte.

Madeira: Frequentemente encontrada, ocorre durante todo o ano.

Características distintivas: Golfinhos com uma cabeça redonda, em forma de melão e sem bico. O seu corpo robusto e alongado varia de cinzento-escuro a negro-azulado. Uma marcação em forma de coração mais pálida pode ser vista na zona do peito. A espécie tem barbatanas curtas e pontiagudas e uma barbatana dorsal curvada com uma base larga inclinada para a caudal e posicionada relativamente perto da cabeça. Aparência muito semelhante à da baleia-piloto-de-barbantanas-longas que no entanto habita regiões mais frias e tem barbatanas mais longas, estendendo-se por metade do seu comprimento corporal. Ambas as espécies têm um sopro poderoso que é facilmente visível com mares calmos.

Taxonomia: Subordem: Odontoceti (Baleias de dentes), Família: Delphinidae (Golfinhos)

Ameaças: Foram caçadas durante séculos no Noroeste do Pacífico e atualmente são massacradas no Japão e nas Ilhas Faroé.

Skip to toolbar